gerofuturo@gmail.com

quinta-feira, 8 de dezembro de 2011

Sexo é a chave da felicidade para os idosos


08 de Dezembro 2011



Só para quebrar o estereótipo!


Segundo o levantamento realizado  no Encontro Anual da Sociedade Americana de Gerontologia a 238 pessoas com mais de 65 anos de idade revela-nos que a frequência da actividade sexual nos idosos tem a ver com a sua felicidade. Por outras palavras, a actividade sexual entre idosos vai ser importante na medida em que pode melhorar o bem-estar físico e psicológico e também emocional do casal.
Estatisticamente, 60% dos idosos faziam sexo mais de uma vez por mês, consideravam-se como “muito felizes”; 40% dos idosos não tiveram qualquer relação sexual nos últimos dois meses.
Quando esse grupo de idosos foi questionado sobre a felicidade do seu casamento, 80% dos que faziam sexo com mais frequência disseram que eram felizes e 59% não possuía vida sexual.

 Adrienne Jackson (autora da análise e professora da Universidade Agrícola e Mecânica da Flórida, nos Estados Unidos) afirma que “Ao destacarmos a relação entre sexo e felicidade, podemos desenvolver e organizar intervenções específicas na saúde sexual dos idosos, um segmento crescente da nossa população”.


Catarina Patrocínio

Nº1, 2ºGS



Idosos com vida sexual ativa são mais satisfeitos no casamento e com a vida em geral

Sem comentários:

Enviar um comentário