gerofuturo@gmail.com

sábado, 26 de novembro de 2011

O AMOR E O SENTIDO DA VIDA


Seria uma mais-valia para toda a sociedade a existência de um conhecimento mais aprofundado sobre a Gerontologia e todo o processo de envelhecimento inerente à vida.
Desde que nascemos até à morte estamos num processo de envelhecimento gradual, desta forma seria importante que todos os indivíduos tivessem esta consciência.
A consciência que todo este processo de envelhecimento não pode passar por nós sem pensarmos nele, sem percebermos que em cada dia que passa estamos a construir passo a passo o caminho para a nossa velhice, e se todos nós queremos ter uma velhice feliz e digna, tal como queremos que tudo o que iremos percorrer até lá seja com qualidade, desta forma temos que iniciar o mais cedo possível a construção da uma vida com qualidade.
Hoje mesmo vamos todos dar mais atenção e valor à vida!
Vamos procurar ter uma alimentação saudável, fazer exercício físico, procurar dar atenção aos sinais de alerta do nosso corpo, como por exemplo parar para pensar quando o nosso corpo nos responde com “dor”.
Não podemos descorar que a dor é um sinal de alerta, é um alerta que temos que saber ouvir e perceber e não esquecer que por vezes a dor do corpo é uma enfermidade da alma.
Hoje em dia uma das doenças da moda é o “stress”.
Como todas as outras, esta é também uma doença que temos que começar a ouvir e descortinar os sinais de alerta que nos chegam através do nosso corpo (dores de estômago, falta de apetite, apatia, etc ).Quando estes sinais aparecem é importante ouvi-los e tentar perceber qual a sua origem.
Uma boa saúde física só existe se a nossa saúde mental estiver bem alimentada e vice-versa, por isso é importante dar ouvidos ao nosso “eu”, aprender a relaxar nos momentos menos bons, parar quando o nosso corpo nos pede repouso e acima de tudo AMAR.
O amor é a cura para muitas enfermidades.
Vamos amar e procurar o sentido da vida, com esta receita magnifica, teremos certamente um processo de envelhecimento mais feliz e iluminado, e até ao nosso ultimo suspiro viveremos com a certeza que tudo o que vivenciámos até aquele momento, valeu a pena!

Cristina Braz
2ºAno-Turma GS
Lisboa, 26 de Novembro de 2011

Sem comentários:

Enviar um comentário