gerofuturo@gmail.com

segunda-feira, 23 de abril de 2012

Noticia

"Homem mais velho do mundo celebra aniversário"
A honra coube ao japonês Jiroemon Kimura que assinalou esta quinta-feira em Quioto 115 anos de idade, um feito reconhecido pelo Grupo de Pesquisa de Gerontologia, órgão internacional que estuda a longevidade humana. Kimura nasceu a 19 de abril de 1897. Quanto ao segredo: manter uma mente ativa. Kimura está agora a aprender a falar inglês.

Nota: Esta notícia tem video. Ver fonte

Opinião pessoal

No Oriente, chegar á velhice pode ser, na maior parte dos casos, complicado, pois a alimentação fazem é desequilibrada e por causa disso, não recebem vitaminas suficientes e podem ficar corcundas. A velhice é vista como um sinal de sabedoria e respeito. As pessoas dos países orientais consultam os chamados anciãos para ajudá-los em qualquer problema que tenham, porque os seus conselhos são de cariz sábio e experientes. São importantes também para grupos sociais e cargos ou destinos políticos. No Japão, existe um dia comemorativo de respeito pelo idoso, cujo é comemorado desde 1947. Uma curiosidade: Sabiam que o idoso ao atingir os 60 anos, é autorizado a usar um «blazer» vermelho, pois o vermelho simboliza a cor dos deuses?

Na Europa Ocidental e mais precisamente Portugal, o idoso já não é considerado de sábio e tende a ser marginalizado pela sociedade. 
Antigamente consideravam-se e respeitavam-se os anciões (as pessoas mais velhas), que viviam no núcleo familiar.
Hoje em dia, os velhos são considerados como inúteis e por isso, institucionaliza-se os idosos e muitos deles preferem estar sossegados na sua casa. 
Com a criação de centros de convivo e de lares, entre outros, essa ideia foi-se perdendo ao longo do tempo.


Fontes

1 comentário:

  1. Pessoal peço desculpa,já não fui a tempo de assinar. Peço desculpa.
    Obrigada
    Catarina Patrocinio

    ResponderEliminar