gerofuturo@gmail.com

domingo, 27 de maio de 2012

APELO


Apesar da pouca experiência e contacto junto de instituições de idosos, é possivel constatar que temos que lutar pela qualificação e sensibilização de todos os que diáriamente lidam com os mais velhos.
Estamos a falar de acompanhar, de dar amor, de dar afecto, não estamos a falar de pessoas que são tratadas como descartáveis, como acéfalos, tudo menos seres HUMANOS!
Apesar desta situação ser uma constante à longos anos, a atual situação financeira do pais faz com que pessoas sem qualificação, sem qualquer sensibiliadde, sem amor para dar e receber vão trabalhar para instituições de idosos, pois não encontram nada mais para fazer em troca de miseros tostões e desta forma esquecem-se que estão a lidar com PESSOAS.
E quando lidamos com PESSOAS, sobretudo com pessoas institucionalizadas, estamos a falar de seres humanos com enorme défice de atençao, de amor, que perderam o seu espaço, a sua identidade, em muitos casos a sua familia, os seus hábitos de vida diária, em suma, perderam.
Gostaria de deixar um apelo a todos os que lidam com os mais velhos, quer cuidadores formais quer cuidadores informais que olhem em seu redor e por favor não teimem em não ver o óbvio.
SE NÃO GOSTAM DE TRATAR DE PESSOAS, POR FAVOR, MUDEM O VOSSO RUMO DE VIDA E DÊEM O LUGAR ÀQUELES QUE TÊM TANTO PARA DAR E RECEBER DESTAS PESSOAS.
O Gerontologo é de facto a grande aposta na mudança de mentalidades, vamos lutar pelo nosso lugar e vamos ajudar na enorme mudança que é necessária para que os jovens de hoje, idosos de amanhã possam viver a sua vida com a maior dignidade possível, e até lá, mesmo que em locais de estágio, vamos fazer a diferença, e dar amor.

Cristina Braz
2 GS

Sem comentários:

Enviar um comentário